04/07/2015

Porquinho da Índia - Alimentação: Feno


O feno de capim é a base da alimentação dos porquinhos da índia, consistindo 80% da dieta desses animais.

O feno é feito de plantas ceifadas e secas, geralmente gramíneas, ervas e leguminosas, mediante a desidratação que retira a água mantendo seu valor nutritivo. Esse processo permite sua armazenagem por muito tempo sem se estragar. Ele costuma ser utilizado como forragem para animais como o gado, cavalos, bodes e ovelhas. O feno também é utilizado como alimento para animais como coelhos, chinchilas, porquinhos da índia, etc.



Benefícios do feno:

-Fornece a quantidade necessária de fibras para o sistema digestivo dos porquinhos.
Por serem herbívoros, o sistema digestivo desses pets precisa estar sempre trabalhando, sendo necessário o consumo constante de feno.
Como o feno não fornece muitas proteínas e nutrientes, ele não contribui significativamente para a obesidade. A relação cálcio-fósforo aceitável na dieta dos porquinhos é de 1.6:1 a 2.7:1. A do feno é um pouquinho abaixo: 1.5:1.

-Provém o desgaste correto dos dentes.
Os dentes dos porquinhos crescem continuamente. Com isso, os animais precisam estar sempre pastando para mantê-los aparados. Apenas o feno e o capim fresco promovem o desgaste de todos os 20 dentes do porquinho.

-Mantém o porquinho distraído e longe dos efeitos do estresse.
O feno é uma fonte de distração para os porquinhos. Brincar com ele ou mesmo escolher com cuidado qual capim comer ajuda a manter o pet entretido e livre de estresse, desestimulando-o a roer os acessórios e forragem do alojamento.
Porquinhos que tenham acesso a quantidades ilimitadas de feno são mais saudáveis e mais felizes.

Nutrição

A
maior parte dos tipos de feno possui um valor nutricional parecido. Alguns são mais saborosos que outros. Contanto que o feno que você encontrou seja de boa qualidade, ele será adequado para seu porquinho.

O feno de alfafa possui grandes quantidades de proteína, cálcio e carboidratos. Ele costuma ser oferecido para filhotes, porquinhas grávidas, fêmeas que estejam amamentando ou adultos com problemas de nutrição. Porquinhos saudáveis podem se alimentar de feno de alfafa apenas como petisco, em pequenas quantidades. Sua relação cálcio-fósforo é extremamente alta: 5.3:1. Com isso, fica proibido oferecer alfafa para porquinhos com tendência a problemas urinários.

Tipos de feno recomendados: Coast cross, jiggs e tifton.

Quantidade


Os porquinhos devem ter acesso ao feno de capim durante o dia inteiro, todos os dias, independente da idade. É preciso prestar atenção na quantidade consumida pelo pet para que o dono possa fornecer a quantidade necessária diariamente.
Lembre-se: mantenha o feno disponível 24h por dia, sete dias por semana. Sempre.

Como comprar

Existem duas formas principais de se comprar feno: em fardos vindos de hípicas e fazendas, ou pacotes menores vendidos em pet shops. A qualidade costuma ser a mesma, mas o fardo geralmente é muito mais barato, embora exija um maior espaço para o armazenamento. O preço varia de região para região.
Quanto mais verde for o feno de capim, mais fresco ele estará.

Armazenamento

Se for corretamente armazenado, o feno pode durar anos. O melhor é mantê-lo em um local fresco, em temperatura ambiente ou mais fria, livre da luz solar (pois ela pode causar perda de nutrientes). Como o feno possui um certo teor de umidade, mantê-lo em local abafado e sem circulação de ar pode ocasionar mofo. Ele precisa respirar, então a recomendação é guardá-lo em caixas ou pacotes abertos ou com pequenos furinhos que possibilitem a entrada do ar.

Incentivar o porquinho a comer

Apesar da importância do feno, muitos porquinhos podem não querer comê-lo. Isso geralmente ocorre quando o dono oferece ao pet outros alimentos mais gostosos porém menos saudáveis, que acabam fazendo com que o porquinho filhote desenvolva péssimos hábitos alimentares, sendo difíceis de corrigir depois de adulto. Não comer feno é uma das principais causas de problemas dentários e problemas digestivos, então insistir para que o porquinho o consuma realmente trás benefícios para a saúde do pet.

Dicas para encorajar seu porquinho a comer o feno de capim:

-Reduza a quantidade de ração.
Algumas rações são mais gostosas que o feno, mas, como nós humanos, os porquinhos precisam comer uma dieta balanceado e não apenas comidas gostosas. Se seu porquinho sempre tiver ração disponível, ele pode acabar deixando o feno de lado.

-Tente outro tipo de feno.
Nem todo feno é igual, existem diferentes variedades e sabores. Ofereça outras variedades para descobrir de qual o seu porquinho gosta mais. Certifique-se de que o feno é de boa qualidade e que seja bem armazenado. Se mesmo assim o seu pet se recusar a comer feno, você também pode fornecer capim fresco.

-Porquinhos preferem comer o feno se ele estiver em locais onde eles costumam se alimentar.
Os porquinhos costumam se alimentar enquanto usam o banheirinho ou enquanto descansam, então coloque o feno próximo a essas áreas. Talvez você precise experimentar alguns locais diferentes até descobrir onde seu pet prefere que o feno fique.

-Incorpore o feno em brinquedos e brincadeiras.
Alguns porquinhos não veem o feno como comida. Incorporá-lo em brincadeiras e atividades que encorajem seu pet a puxar, morder e mastigar vão fazer o porquinho mordiscar o capim. Por exemplo, tente preencher um túnel ou toca com feno, de forma que seu porquinho tenha que removê-lo para conseguir entrar.

-Associe o feno com comidas que seu porquinho goste.
Tente esconder ração, vegetais ou frutas debaixo do feno, de forma que seu pet tenha que cavar nele para chegar às comidas. Enquanto procura ele pode acabar comendo um pouco do feno e perceber que o gosto é saboroso.

Lembre-se: o único alimento que pode substituir o feno de capim na dieta de seu porquinho é o capim fresco.


Leia também:

Alimentação (Resumo)


Referências:

http://www.porquinhosdaindia.com/
http://www.guinealynx.info/index.html
http://www.therabbithouse.com/
http://rabbit.org/

http://www.rspca.org.uk/
Nutrition, An Issue of Veterinary Clinics of North America: Exotic Animal Practice, 2014

Por: Louis Patrick Fortunato Nunes.

Nenhum comentário :

© 2014-2015 Pets e Fofuras | Todos os direitos reservados